Temperaturas elevadas: Recomendações da DGS

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê alerta amarelo, para hoje (07.07.2022), devido uma subida das temperaturas, especialmente da máxima, podendo esta atingir valores acima dos 40ºC na área geográfica do ACES Médio Tejo.

Face a esta situação, vimos relembrar para a necessidade de adoção de medidas preventivas dos efeitos do calor.

É necessário não esquecer que as pessoas mais suscetíveis (os idosos que padecem de doença crónica e as crianças) devem ser afastadas do calor, permanecendo em lugares frescos durante o período mais crítico (entre as 11 e as 17 horas) e termos presente a importância de lhes assegurarmos um consumo adequado de líquidos, para evitar a desidratação. Entrar contacto com os familiares idosos várias vezes para saber o seu estado de saúde é uma das medidas que recomendamos.

Dado que estamos num período em muitas pessoas se encontram de férias, é importante relembrar a importância da utilização de cremes protetores sempre que há exposição solar e frequentar a praia entre as 11 e as 17 horas, fora desse horário pode ser muito prejudicial para a saúde.

A vulnerabilidade das pessoas é, frequentemente, cumulativa para o calor extremo e para a COVID-19, nomeadamente no caso das pessoas com idade superior a 65 anos, com doenças crónicas e/ou a viver em habitações sobrelotadas ou com deficientes condições socioeconómicas.

Em situações de dúvidas contacte SNS24 808 24 24 24

Consulte as Recomendações para grupos vulneráveis

Para mais informações em www.dgs.pt

Deixe uma resposta