COMUNICADO | Interrupção temporária no abastecimento de água em ALCANENA

Comunica-se à população de ALCANENA que vai ser efetuada a interrupção temporária do abastecimento de água, no dia 08 de abril de 2021.

A interrupção deve-se a ROTURA no local.

Prevê-se que sejam afetadas as seguintes áreas:

  • Zona História de Alcanena (Praça Marechal Carmona | Rua José Alves Anastácio | Rua Justino Guedes | Rua Gago Coutinho)

Estima-se que a normalidade seja reposta até às 18h00. 

A AQUANENA tudo fará para antecipar o restabelecimento do serviço.

Caso necessite de algum esclarecimento adicional, poderá contactar os serviços da AQUANENA, através do telefone 249 899 414 ou do email servico.clientes@aquanena.pt.

A AQUANENA agradece a compreensão da população afetada pelos eventuais transtornos causados.

Mais avisos

DAVA TUDO PARA O TER DE VOLTA?

Diariamente, cães e gatos fogem de suas casas ou afastam-se de seus tutores acabando por se perderem.

Outros são furtados e quando encontrados na posse de terceiros, dificilmente os legítimos tutores conseguem fazer prova de que se trata do seu animal de estimação.

A realidade é que dos inúmeros animais que se perdem diariamente nem todos são recuperados, sendo diverso o seu destino: uns morrem atropelados ou envenenados, outros terminam nas ruas em matilhas ou colónias, outros acabam em abrigos de associações ou em Centros de Recolha Oficiais, muitos dos quais, o resto das suas vidas.

A maioria dos casos de não recuperação de animais de companhia estão associados à falta de coleira com identificação, a passeios sem trela, a acesso ao exterior desacompanhados do tutor. Por outro lado, a probabilidade de recuperar um animal perdido é maior caso ele se encontre microchipado.

É neste contexto que surge a actual campanha do Observatório Nacional para a Defesa dos Animais, que tem por objectivo proteger o bem-estar destes animais através da sensibilização dos detentores de cães e gatos para o cumprimento do dever de guarda e vigilância que a legislação lhes impõe e para a importância da colocação de microchip nos animais de estimação.

A campanha “DAVA TUDO PARA O TER DE VOLTA?”, que apesar de arrancar já com a colaboração nomeadamente de algumas autarquias, associações e órgãos de comunicação, é aberta a todos os que queiram participar e culmina com uma brochura informativa sobre esta temática na qual se fará referência a todas as entidades aderentes.

São destinatários da campanha os detentores de animais de companhia que descuram as normas legais e/ou o dever de vigilância, i.e., todos aqueles que:

– não tenham os animais microchipados;

-não colocam coleira de identificação nos animais;

– passeiam os animais sem trela;

– dão acesso ao exterior a gatos sem microchip ou identificados.

Com a presente campanha é nosso principal objectivo contribuir para:

– a protecção do bem-estar dos animais face aos riscos que correm em caso de perda;

– evitar sobrelotação de CROS e abrigos privados permitindo a devolução de animais perdidos aos seus detentores;

– evitar ninhadas indesejáveis decorrentes de encontro de animais silvestres e animais com detentor por esterilizar, que acabam por determinar –  o abandono e/ou a formação de matilhas e de colónias.

– prevenir ataques de canídeos, a pessoas e animais nomeadamente a gatos de colónias.

Edital – Reabertura das feiras do concelho de Alcanena

FERNANDA MARIA PEREIRA ASSEICEIRA, Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, no uso da competência que lhe é conferida pela alínea t) do n.º 1 do art.º 35.º, conjugado com o art.º 56º., ambos do anexo I à Lei n. º75/2013, de 12 de Setembro, face ao disposto na Resolução do Conselho de Ministros, n.º 19/2021, publicada no Diário da República, n.º 50-A/2021, I Série, de 13-03-2021, que estabelece uma estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença COVID-19, referindo, também, que as feiras e mercados não alimentares podem reabrir por decisão municipal, a partir do dia 05- de abril de 2021, torna público que:
1 – Autoriza a realização das feiras e mercados de produtos não alimentares, no concelho de Alcanena, devendo mostrar-se verificadas as condições de segurança e o cumprimento das orientações definidas pela DGS e do Plano de Contingência das Feiras respetivas, nomeadamente as constantes do aviso anexo;
2 – A realização da feira semanal na Vila de Alcanena, fica autorizada a partir do dia 07 de abril de 2021, inclusive, isto é já na próxima 4.ª feira;
3 – A realização da feira semanal na Vila de Minde, fica autorizada a partir do dia 10 de abril de 2021, inclusive, isto é já no próximo sábado.
4 – Esta autorização pode vir a ser alterada em função da evolução da situação epidemiológica.
Para constar e devidos efeitos se publica este Edital, e outros de igual teor, que vão ser afixados nos lugares públicos do costume, nas Feiras Semanais de Alcanena e de Minde e na página oficial desta Câmara Municipal em www.cm-alcanena.pt

Feira semanal de Alcanena e de Minde Regras a cumprir face ao regime excecional motivado pela COVID-19

Regras gerais neste período excecional

  • Tendo em consideração as medidas em vigor face ao período de desconfinamento e dada a importância económica das Feiras, quer para o concelho, quer para os que nela exercem a sua atividade, o Município de Alcanena autoriza nos termos legais a realização das Feiras Semanais de Alcanena e de Minde, com a aplicação de medidas extraordinárias que garantam o seu funcionamento e acesso de pessoas, com respeito pelas restrições determinadas pelas entidades gestoras – Município de Alcanena e Junta de Freguesia de Minde, devendo ser cumpridos os respetivos planos de contingência e bem assim as normas da DGS;
  • Assim a Feira Semanal de Alcanena retoma o seu funcionamento no dia 7 de abril de 2021 e a Feira Semanal de Minde retoma o seu funcionamento no dia 10 de abril de 2021;
  • Mantém-se os horários previstos no artigo 37.º do Regulamento de Comércio a Retalho não Sedentário das Feiras do Município de Alcanena.

Regras a cumprir por Vendedores

Cumprir todas as normas regulamentares em vigor e orientações da DGS, destacando-se obrigatoriamente o seguinte:

  • Uso de máscara e/ou viseira;
  • Desinfeção regular das mãos;
  • Devem ser disponibilizadas soluções à base de álcool gel em cada local de venda, em localização adequada para desinfeção, de acordo com a organização de cada espaço;
  • A prestação do serviço, a venda e o transporte de produtos devem ser efetuados mediante o respeito das necessárias regras em vigor, definidas para os estabelecimentos de comércio a retalho de atividades similares, assim como as orientações da DGS pela Direção-Geral da Saúde, para os mesmos estabelecimentos;
  • Os vendedores devem promover a limpeza e desinfeção periódicas dos espaços, equipamentos, objetos e superfícies, com os quais haja maior contacto;
  • É obrigatório deixar o lixo devidamente acondicionado no final da feira;
  • Os vendedores devem promover a contenção, tanto quanto possível, pelos clientes, do toque em produtos ou equipamentos bem como em artigos não embalados, os quais devem preferencialmente ser manuseados e dispensados pelos vendedores;
  • Cumprir as regras de etiqueta respiratória (tapar a boca e o nariz sempre que espirrar ou tossir, introduzir imediatamente o respetivo lenço de papel, em saco de plástico e fechar o mesmo para o deitar fora logo que possível, lavar e/ou desinfetar as mãos);
  • Não cumprimentar com abraço, aperto de mão ou beijo;
  • Em cada banca ou espaço de venda só é permitida 1 pessoa de cada vez;
  • Os vendedores devem manter um distanciamento físico de 2m entre si e relativamente aos compradores;
  • Proceder à desinfeção dos veículos e das mercadorias, ajustados à tipologia dos produtos e à organização da circulação;
  • Cumprir as regras indicadas pelas Forças de Segurança e pelos Trabalhadores das entidades gestoras:
  • Alcanena – Município de Alcanena;
  • Minde – Junta de Freguesia de Minde.

Regras para espaços de restauração e bebidas

  • Clientes terão de manter uma distância de 2 metros entre eles;
  • Obrigatório o uso de máscaras para os clientes;
  • Uso obrigatório de máscaras, com ou sem viseira, para Comerciantes;
  • Obrigatoriedade de cumprimento das Normas da DGS para o setor.
  • Não é permitida a utilização de mesas e cadeiras, podendo apenas os feirantes autorizados para o efeito pelas entidades competentes, efetuar venda em regime de Takeaway.

Regras a cumprir por Compradores/ Utilizadores

É obrigatório:

  • O uso de máscara;
  • Desinfeção das mãos nas bancas, sempre que se mostre necessário;
  • Devem ser cumpridas as regras de ocupação, permanência e distanciamento físico de 2 metros entre as Pessoas, quer dos utentes, quer dos vendedores;
  • Em cada banca/lugar de venda, só poderá ser atendida 1 pessoa de cada vez, pelo que os eventuais compradores, terão de aguardar, com o devido distanciamento a sua vez de atendimento;
  • As pessoas só poderão p ermanecer no espaço da feira apenas pelo tempo estritamente necessário à aquisição dos bens, devendo efetuar as compras preferencialmente sozinho, ausentando-se logo em seguida;
  • Evitar o manuseamento dos produtos/artigos que não pretendam adquirir;
  • Não cumprimentar com abraço, aperto de mão ou beijo;
  • Cumprir as regras de etiqueta respiratória (tapar a boca e o nariz sempre que espirrar ou tossir, introduzir imediatamente o respetivo lenço de papel, em saco de plástico e fechar o mesmo para o deitar fora logo que possível, lavar e/ou desinfetar as mãos).
  • Dadas as regras de ocupação e de distanciamento físico, só poderão entrar, mediante autorização dos trabalhadores respetiva entidade gestora, ou das Forças de Segurança em serviço no local, sendo obrigatório o cumprimento dos acessos de entrada e saída;
  • Manter a distância de segurança de 2m enquanto esperam pela entrada no recinto e para ser atendidos.

Aviso – Serviços Administrativos de Alcanena encerrados

Informa-se toda a população da freguesia que os serviços administrativos de Alcanena, estarão encerrados no próximo dia 6 de abril de 2021, terça-feira.
Em caso de urgência deverá deslocar-se aos serviços administrativos de Vila Moreira nos seguintes locais:

 HorárioLocal
ManhãDas 9:30h às 12:30hEdifício da Junta – Rua Professora Ermelinda Duarte Carvalhão n.º 90
TardeDas 14:00h às 18:00hEdifício dos Correios – Largo dos Correios

COMUNICADO | INTERRUPÇÃO de abastecimento de água em ALCANENA (Zona São Pedro) | 19 MAR

Comunica-se à população de ALCANENA (São Pedro) que será necessário proceder à interrupção temporária no abastecimento de água, no dia 19 de março de 2021, devido a rotura.

Estima-se que a normalidade seja reposta até às 19h00. 

A AQUANENA tudo fará para antecipar o restabelecimento do serviço.

Caso necessite de algum esclarecimento adicional, poderá contactar os serviços da AQUANENA, através do telefone 249 899 414 ou do email servico.clientes@aquanena.pt.

A AQUANENA agradece a compreensão da população afetada pelos eventuais transtornos causados.

Mais avisos

COMUNICADO AQUANENA | INTERRUPÇÃO temporária do abastecimento de água em ALCANENA | GOUXARIA | VILA MOREIRA | 18-19 MAR

Comunica-se às populações de ALCANENA, GOUXARIA E VILA MOREIRA que será necessário proceder à interrupção temporária no abastecimento de água, entre as 23h00 e as 05h da noite/madrugada de dia 18 para dia 19 de março de 2021, para que seja realizada uma intervenção técnica no sistema.

Estima-se que a normalidade seja reposta até às 05H00 de dia 19 de março.

A AQUANENA tudo fará para antecipar o restabelecimento do serviço.

Foi escolhido o horário noturno referido precisamente por se tratar do período do dia com menor impacto da interrupção no normal abastecimento às populações.

Caso necessite de algum esclarecimento adicional, poderá contactar os serviços da AQUANENA, através do telefone 249 899 414 ou do email servico.clientes@aquanena.pt.

A AQUANENA agradece a compreensão da população afetada pelos eventuais transtornos causados.

Mais avisos