ACT disponibiliza recomendações para Adaptar os Locais de Trabalho e Proteger os Trabalhadores

No momento em que se aproxima o regresso ao local de trabalho, é essencial garantir que todos convivam e trabalhem com segurança, saúde e bem-estar. Para que nenhum cuidado seja esquecido e para que as empresas funcionem da melhor forma possível, acabam de ser disponibilizadas pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em articulação com a ACT e a DGS, 19 Recomendações para Adaptar os Locais de Trabalho e Proteger os Trabalhadores.  

Consulte:

Versão integral

Versão e-folheto

Estas recomendações foram lançadas durante o webinar “Locais de Trabalho Seguros em Tempos de COVID-19”, que se realizou a 28/04/2020, dia de celebração do Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho.

Fonte: ACT – Autoridade para as Condições do Trabalho

Lançado guia sobre saúde mental em regime de teletrabalho

A Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Programa Nacional de Saúde Ocupacional, participou na elaboração do Guia CASA+ “Trabalhar a partir de Casa e Cuidar da Saúde Mental”, que visa apoiar as pessoas que estão em teletrabalho. 

Enquadrado no contexto da pandemia da COVID-19, o guia tem como objetivo “fornecer recursos para apoiar as pessoas que vivenciavam momentos de maior fragilidade e que necessitam de manter um nível de equilíbrio psicológico e emocional compatível com uma vivência autónoma e o normal exercício profissional”.

O manual CASA+, realizado no âmbito do Projeto 2.1. do Plano de Trabalho Colaborativo na Administração Pública, fornece um conjunto alargado de recursos que podem ajudar as pessoas em regime de teletrabalho nos desafios da organização da sua vida diária e na conciliação dos momentos de trabalho com aqueles outros momentos, tão importantes, para estarem com a família e consigo próprios.

O Grupo de Trabalho que desenvolveu o manual foi coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros e integrou, para além da Direção-Geral da Saúde, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P., a Autoridade para as Condições de Trabalho, a Direção-Geral da Administração e do Emprego Público, a Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas, o Instituto Nacional para a Reabilitação, o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), a Ordem dos Psicólogos Portugueses e a Polícia Judiciária (PJ). O projeto teve ainda o apoio da Agência para a Modernização Administrativa.

Mais informações podem ser consultadas na página eletrónica do INA.

Consulte aqui o Manual CASA+.

Universidade Sénior Virtual

“Universidade Sénior Virtual” para os seniores se manterem ativos em casa é gratuito, inscreva-se em www.seniorvirtual.pt/

Horário da próxima semana da USV. Destaques:
– História das universidades seniores
– Debate sobre Risoterapia com Fernando Batista
– Tertúlias criativas, quinta-feira à noite

Consultar horário completo www.seniorvirtual.pt/aulas

Fonte: Academia Sénior de Alcanena

IPDJ – #SERJOVEMEMCASA

Num contexto em que milhares de jovens se encontram nas suas casas, o tempo passado em confinamento não tem de ser privado de um conjunto de estímulos, nomeadamente no que se refere à procura ativa de informação, ao pensamento crítico, assim como à aquisição de competências e experiências enriquecedoras para o percurso dos/as jovens enquanto cidadãos/cidadãs participativos/as no exercício da sua cidadania.

Esta campanha decorrerá nas várias plataformas de comunicação do IPDJ, nomeadamente no Facebook e no Instagram. Diariamente disponibilizaremos um conjunto alargado de informações dirigidas à população jovem, desde iniciativas e atividades que possam enriquecer o seu tempo livre, a ações de formação ou momentos de partilha de debate de ideias e de informação.

Os/as jovens são agentes de mudança, mas também de esperança para com o presente e o futuro.

IPDJ – #SERATIVOEMCASA

A prática regular de atividade física apresenta um largo conjunto de benefícios sobre os diversos sistemas e aparelhos do nosso organismo, desempenhando um papel fundamental na promoção da saúde, na qualidade de vida e bem-estar dos cidadãos. E existem muitas formas de incluir mais atividade física no dia-a-dia como, por exemplo, caminhando ou dançando.

Neste contexto de isolamento ou distanciamento social, apresenta-se um conjunto de recomendações para o ajudar a ser mais ativo em casa, reduzindo o tempo passado em sedentarismo e melhorando a qualidade do dia a dia, incluindo o sono.

O cumprimento das recomendações apresentadas assume-se como um desafio ainda mais relevante pelo que deverá tentar encontrar todas as oportunidades possíveis para interromper o comportamento sedentário.

As infografias apresentam um conjunto de propostas de exercícios, específicos, para a promoção das várias componentes da condição física e estão segmentadas por faixas etárias: dos 0 aos 5 anos, dos 6 aos 17, dos 18 aos 64 e para pessoas a partir dos 65 anos.

Estes materiais podem ser descarregados e usados por todos/as.

Aceder

Municípios da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Distribuem Computadores Portáteis às Escolas

Iniciou-se ontem, dia 21 de abril, a distribuição de 750 computadores portáteis aos municípios e Agrupamentos de Escolas da região. A medida surge na sequência de deliberações do Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT).

Pretendem os Municípios e a CIMT garantir um contributo importante aos Agrupamentos de Escolas, especialmente, num contexto de emergência nacional devido à pandemia COVID-19, que levou ao encerramento das escolas.

Verifica-se a necessidade de disponibilizar recursos tecnológicos, de modo a salvaguardar que os alunos mais desfavorecidos e que não disponham de recursos tecnológicos adequados ao ensino à distância tenham acesso a todas as ferramentas necessárias.

A iniciativa surge integrada no PEDIME- Plano Estratégico de Desenvolvimento Intermunicipal da Educação no Médio Tejo, que contempla o programa intermunicipal “Miúdos Digitais”, com o objetivo de proporcionar aos alunos do pré-escolar e do primeiro ciclo do ensino básico um primeiro contacto com os suportes digitais.

No início deste ano letivo, já tinham sido disponibilizados cerca de 700 tablets, no âmbito deste projeto e desta ambição, totalizando, assim, cerca de 1450 equipamentos ao serviço da educação.

A aquisição dos 750 computadores portáteis representa um encargo de cerca de 260 mil euros e conta com o apoio da União Europeia e do Portugal 2020, através do Fundo Social Europeu, no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro 2020.

Fonte: Município de Alcanena

Comemorações do 25 de Abril – Animação Desportiva Infantil Online

No âmbito das comemorações do 25 de Abril, que, este ano, decorrerão sem a presença de público, devido à pandemia COVID-19, o Município de Alcanena preparou um programa de animação desportiva para o público infantil, com um conjunto de atividades que serão publicadas online, em www.facebook.com/desportoetemposlivresCMA/, com o seguinte horário:

15:00h | Condição Física Para Crianças (Carlos Santos)
15:30h | Números e Cores em Ação (Rute Bento)
16:00h | Jogos em Família (Marco Santos)
16:30h | Circuito de Obstáculos (Nuno Henriques)
17:00h | Monopoly da Expressão Motora (Rui Santos)
17:30h | Kid’s Athletics (Paulo Constantino)

Proteja-se! Mantenha o distanciamento social! Fique em casa!

Fonte: Município de Alcanena

Câmara Municipal Aprova Medidas da AQUANENA para Apoio às Famílias, Empresas, IPSS e Bombeiros do Concelho de Alcanena

A Câmara Municipal de Alcanena aprovou, na sua reunião realizada a 20 de abril de 2020, as medidas aprovadas pelo Conselho de Administração e pela Assembleia Geral da AQUANENA, EM, SA, nas reuniões realizadas a 7 e a 14 de abril de 2020, respetivamente, tendo em conta a situação extraordinária de pandemia que atravessamos, para apoio às famílias, empresas, IPSS’s e Corporações de Bombeiros do concelho, nomeadamente:
a) Isentar de pagamento a taxa de disponibilidade, a todos os clientes de abastecimento de água, domésticos e não-domésticos;
b) Isentar de pagamento a tarifa de saneamento fixa, a todos os clientes de saneamento, domésticos, não-domésticos e industriais;
c) Reduzir em 10% a tarifa variável de saneamento aos clientes não-domésticos e industriais;
d) Isentar de pagamento, na totalidade, o abastecimento de água e saneamento, os corpos de Bombeiros e as IPSS do concelho;
e) Suspender os cortes de fornecimento de água;
f) Criação de referências multibanco para pagamento após o termo do prazo;
g) Alargar o prazo de pagamento das faturas até 60 dias, sem aplicação de juros de mora devidos.

De acordo com a alínea p) do nº 1 do artigo 12º dos Estatutos da AQUANENA, EM, SA, compete à Assembleia Geral “deliberar sobre o tarifário para o período vinculativo sob proposta do Conselho de Administração e remetê-lo à Câmara Municipal de Alcanena para aprovação”.

Considerando a dimensão temporária e excecional destas medidas, com efeitos imediatos, não obstante solicitar parecer à ERSAR e submeter à Assembleia Municipal, para conhecimento, “por meio eletrónico, no prazo de 48 horas sobre a sua prática”, conforme disposto na Lei 6/2020, de 10 de abril, a Câmara Municipal aprovou as medidas de apoio aprovadas pelo Conselho de Administração e pela Assembleia Geral da AQUANENA, EM, SA, acima enunciadas.

Estas medidas têm efeito em 2 faturas mensais, após a sua comunicação, e representam um impacto económico nas receitas da AQUANENA avaliado em cerca de 200.000,00€.

Fonte: Município de Alcanena

Autarcas e Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Preparam Campanha Pedagógica para Uso e Entrega de Máscaras à População

Na reunião do Conselho Intermunicipal realizada a 16 de abril, por videoconferência, um dos temas principais foi a pandemia COVID-19, fruto do que está a acontecer no mundo, no nosso país e na nossa região.

Devido à evolução desta pandemia, a utilização de máscaras é cada vez mais um assunto em debate, como medida complementar para limitar a transmissão deste vírus.

Neste sentido, e atentos a todas as questões que envolvem este tema, os autarcas, em conjunto com a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, e indo ao encontro das orientações que têm vindo a ser proferidas pelos serviços de saúde, estão a preparar-se para, num futuro muito próximo, poderem distribuir, de uma forma generalizada, à população do Médio Tejo, máscaras não descartáveis, permitindo várias utilizações.

A evidência mostra que o uso de máscaras em locais públicos fechados ou de trabalho deverá ser seriamente equacionado, não só durante todo este período, bem como durante o período da fase de “normalização” de toda esta situação, que poderá demorar ainda uns largos meses.

Neste sentido, entendem os autarcas que é premente sensibilizar os nossos cidadãos para esta questão, através de uma campanha com forte caráter pedagógico, sobre várias questões, como por exemplo, o uso correto deste tipo de máscaras, de modo a que os riscos sejam menores para quem as usa.

Trata-se de um investimento financeiro que será avultado, contudo, os autarcas entendem que este será mais um esforço que tem de ser feito a bem da população e de todos nós.

Student Keep – Apoio a alunos

Como forma de combater o atual surto de COVID-19 em Portugal, todas as escolas foram obrigadas a suspender as suas atividades letivas presenciais, obrigando professores e alunos a adaptar-se a um ensino à distância.

No entanto, nem todos os alunos têm acesso à internet ou a um computador para acompanharem as atividades propostas pelos professores. No panorama atual, enquanto o ensino à distância permanecer como o principal meio de comunicação entre professores e alunos, haverá um agravamento da desigualdade no acesso à Educação.

O projeto Student Keep pretende solucionar este problema, através de um sistema de apadrinhamento. A ação do projeto consiste na angariação de equipamento informático e posterior doação a alunos sem acesso a computador ou a Internet.

Para tal, são identificados Keepers, padrinhos, que podem ser pessoas individuais ou coletivas, disponíveis para doar equipamento informático. A entrega do material angariado será feita em articulação com os Agrupamentos Escolares.

Aceder ao Projeto

Voluntariado

Enquanto projeto do movimento #tech4COVID19, a equipa Student Keep é composta exclusivamente por voluntários. Procuramos profissionais com conhecimentos em IT, configuração de PC, manutenção de equipamento e apoio técnico remoto. Se tens interesse em te envolveres ativamente no projeto, podes-te registar na plataforma #tech4COVID19 e aderir ao #project_student_keep ou preencher o formulário online.

Preencher formulário