Aviso – Condições Meteorológicas Adversas

O IPMA, prevê para os próximos dias tempo quente e seco com especial relevância os seguintes aspetos:
Temperaturas máximas entre os 38ºC e os 41ºC com noites tropicais (temperaturas mínimas acima dos 20ºC).
Humidade relativa do ar inferior a 30% durante o período da tarde, podendo as mesmas chegarem a valores inferiores a 20%. Fraca recuperação durante o período da noite.
Vento moderado com predominância do quadrante Norte nos primeiros 3 dias e fraco com predominância do quadrante Noroeste nos seguintes.
Risco de incêndio rural prevê-se que se mantenha como Máximo para os próximos 5 dias.

Efeitos Expectáveis

Em função da previsão da evolução das condições meteorológicas é expectável:
Condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais.

Medidas de Auto Proteção

O Serviço Municipal de Proteção Civil informa que durante o PERÍODO CRITICO, entre 01 de julho e 30 setembro é PROIBIDO:

  • Fazer queimadas extensivas ou queima de amontoados sem autorização da câmara municipal;
  • Utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural salvo se, usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados, para o efeito;
  • Fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais;
  • Lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da câmara municipal;
  • Fumigar ou desinfestar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas;
  • Usar motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores nos dias de Risco Máximo. Evite o uso de grades de discos.

O Serviço Municipal de Proteção Civil informa que durante o PERÍODO CRITICO, entre 01 de julho e 30 setembro é PROIBIDO:

  • Fazer queimadas extensivas ou queima de amontoados sem autorização da câmara municipal;
  • Utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural salvo se, usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados, para o efeito;
  • Fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais;
  • Lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da câmara municipal;
  • Fumigar ou desinfestar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas;
  • Usar motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores nos dias de Risco Máximo. Evite o uso de grades de discos.

É OBRIGATÓRIO usar dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e 1 ou 2 extintores de 6 Kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas.

O SMPC recomenda a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente com a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando a legislação em vigor, e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio neste período, disponível junto dos sítios da internet da ANEPC e do IPMA, junto do Gabinetes Técnicos Florestais da Câmaras Municipal de Alcanena e dos Corpos de Bombeiros.


O Serviço Municipal de Proteção Civil apela à atenção de todos para as situações acima descritas, que se adotem e divulguem as medidas preventivas enunciadas por forma a mitigar os riscos associados aos incêndios rurais e salvaguardar a proteção dos cidadãos e dos seus bens.

Contactos:

Número Nacional de Emergência 112
Em caso de Incêndio ligue 117
GNR Alcanena 249 882 385
Bombeiros Municipais de Alcanena 249 887 200
Bombeiros Voluntários de Minde 249 840 122

Deixe uma resposta